sábado, 24 de janeiro de 2009

Violência Gratuita


Não,não é um post gigantesco sobre a violência de hoje em dia =P.Mas bem que Funny Games tenta mostrar o pior lado disso,voltado não para os personagens do filme,mas sim um jogo com quem assiste.

Na refilmagem americana do original de 98,uma familia de férias recebe a inesperada visita de 2 jovens,aparentemente normais,quando na verdade eles estão ali para fazer um jogo doentio com a familia.

Porque será que Haneke refilmou igualmente seu filme de 98?Haneke quer principalmente mostrar o maniqueísmo de tudo,principalmente da violência e fazer um jogo com o espectador.Ele faz com que no filme,você não pense que irá ter um final feliz,e faz com que você até se sinta do lado de Paul e Peter.É uma mistura de sarcasmo,com a violência de Laranja Mecânica.O filme pertuba,é cruel e tenso justamente pelo forma que é filmado e dirigido.Maas,ja que o filme não é só sua trama,Deus do céu,o que é Naomi Watts em Funny Games(nos dois sentidos)?Violência Gratuita foi um filme que tenta passar uma mensagem,mas parece que muita gente não vê,tanto que o filme figura entre muitas listas de piores do ano.Mais um incompreendido.

Nota:9,0

4 comentários:

Sobre Cinema e Lobos disse...

Vi essa semana!
Excelentemente foda

Kau Oliveira disse...

Kaio, eu achei o filme maravilhoso!!!!! Tudo é muito fodinha mesmo e, um dia, tb vou escrever sobre ele...

FLWs!

Elton Telles disse...

ainda não assisti ao original da década de 90 lá, tão comentado. Já ouvi maravilhas a respeito, mas nunca achei em nenhuma locadora. Prefiro assisti-lo primeiro para depois ver o remake e tal. Mas a julgar por gosto pessoal, a escalação do elenco está ótimo! Gosto muito de Roth e Watts, e Pitt é uma coisa estranha: ao mesmo tempo que fisicamente pareça ser um rapaz dócil e inocente, tem um ar de "ameaçador" rs. Sei lá.

moviesearch disse...

Gostei muito do filme. Achei diferente dos outros filmes de terror, muito original e cativante.
abraço ;)